Mulher Virtuosa By Vany » Blog Archive Saiba como criar ambientes integrados - Mulher Virtuosa By Vany
dica category image
Saiba como criar ambientes integrados
Postado dia 19 de março de 2021 nas tags: , , - 131 Visualizações do post!

Os ambientes integrados estão cada vez mais em alta na arquitetura. Isso porque eles são capazes de melhorar a amplitude dos espaços, além de ser uma forma despojada de decoração, oferecendo praticidade e funcionalidade aos usuários.

De forma geral, a integração dos ambientes ocorre quando dois ou mais espaços dispensam as divisórias e separações. A ideia é remeter ao conceito de liberdade e, por esse motivo, é uma decoração cada vez mais usada nos dias de hoje.

Inclusive, a integração de ambientes é aplicada não só em espaços residenciais, mas ganha cada vez mais adeptos na arquitetura corporativa. Afinal de contas, é possível eliminar barreiras de comunicação e promover uma cultura organizacional mais horizontalizada.

No artigo de hoje, saiba como criar ambientes integrados e conheça todos os diferenciais desse conceito que chegou para ficar. Acompanhe a leitura!

Quais as características dos ambientes integrados?

Quem mora em construções mais antigas percebe logo de cara que os cômodos são bem delimitados, tendo como principal foco a privacidade dos moradores. No entanto, percebeu-se que as divisões também isolam as pessoas, o que pode prejudicar as relações.

Com isso, os imóveis mais novos priorizam a sensação de liberdade e melhor harmonia entre os moradores, aplicando o conceito dos ambientes integrados. Dessa forma, é possível facilitar o dia a dia, eliminar barreiras e aumentar a convivência.

Hoje em dia, já não é incomum vermos móveis planejados para cozinha que já são pensados para um ambiente integrado, seja com a sala ou com qualquer outro cômodo.

Os ambientes integrados surgiram com os tradicionais lofts de Nova York, que eram antigos galpões industriais que foram usados como residências.

Isso porque o preço dos apartamentos era muito dispendioso, então, foi uma alternativa encontrada por jovens para viver em espaços maiores, por um preço acessível.

Com o passar dos anos, essa tendência acabou se refletindo no decór e, hoje, é usada em muitos tipos de residências, estabelecimentos comerciais e escritórios.

Entre as principais características dos ambientes integrados, destacam-se:

  • Ausência de divisórias entre os ambientes;
  • Separação dos espaços pelos móveis ou tapetes;
  • Melhor aproveitamento da luz natural;
  • Manutenção de um mesmo estilo em todo espaço.

Importante ressaltar que os ambientes integrados não são “bagunçados”, como muitas pessoas pensam. Ao contrário, é possível definir móveis, como armários planejados para quarto, bem como outras mobílias que ajudam a identificar os espaços na casa.

Quando bem planejado, a decoração integrada é altamente sofisticada e moderna, ainda mais porque é um estilo que contribui para melhorar a sensação de amplitude.

Como criar uma decoração integrada?

Caso você se interesse por ambientes integrados, ou mora em um local que já tem algum espaço nesse estilo, é interessante pensar em ideias que valorizam o arranjo. Para isso, é necessário escolher os recursos certos, deixando o local mais agradável.

A seguir, separamos algumas dicas que podem te ajudar na criação de uma decoração integrada. Confira!

Crie divisões com os móveis

Por vezes, temos vontade de separar os ambientes, mas não isolá-los por completo. Nestes casos, a dica é transformar os próprios móveis em elementos divisores de ambientes.

Por exemplo, uma estante de aço inox pode delimitar a junção da sala de estar e de jantar. Até mesmo um conjunto de armários flutuantes funciona bem quando aplicado como um limite entre a cozinha e a sala.

Outra dica é usar pisos diferentes para delimitar os espaços. Por exemplo, o porcelanato na cozinha e tacos na sala. O uso de tapetes também pode ajudar nessa delimitação.

Algumas soluções práticas e versáteis também ajudam a delimitar os ambientes, como dividir a sala com meia parede baixa, separar os espaços com venezianas ou móveis que abrem e fecham, usar painéis de vidro, entre outros.

Tenha elementos em comum

Para reforçar a aparência integrada, é importante incluir objetos iguais ou semelhantes nos espaços, para dar essa ideia de unicidade. Por exemplo, manter o mesmo forro de gesso ao longo de todo o teto.

Além disso, você também pode optar por uma mesma paleta de cores na decoração, não variando as tonalidades entre os espaços delimitados. 

Assim, caso a sua preferência seja por um estilo mais industrial, tente manter as características dessa decoração em todo o ambiente.

Aproveite ao máximo a iluminação natural

A iluminação natural é extremamente valorizada nos ambientes integrados. Por esse motivo, é importante investir em elementos que aproveitem melhor a luz, como janelas grandes, cobertura em vidro e divisórias transparentes.

Mais do que ajudar na sensação de amplitude dos espaços, o aproveitamento da luz natural é uma boa maneira de economizar energia elétrica, contribuindo com a redução de custos aos moradores e com ações sustentáveis.

Exemplos de ambientes integrados para casa

Agora que você já sabe como integrar os ambientes, separamos alguns exemplos de espaços neste estilo que você pode ter na sua casa.

Contudo, ressaltamos que antes de optar por esse design de interiores, vale a pena procurar por profissionais especializados, que possam ajudar na decoração do espaço, evitando o uso incorreto de elementos.

Esses profissionais podem, inclusive, indicar loja de puxadores para moveis em SP, ajudando você a economizar com a reforma. Ou seja, é uma ótima forma de ter um ambiente sofisticado e orientar os custos da sua decoração.

Abaixo, conheça alguns exemplos de ambientes integrados para a sua casa.

Espaços integrados com a cozinha

Os ambientes integrados com a cozinha são os mais populares. Em geral, as cozinhas são unidas à sala de estar ou jantar, sendo uma alternativa recorrente nos imóveis mais novos, principalmente os apartamentos.

Atualmente, as cozinhas aparecem como uma parte de destaque da casa, ficando exposta e exibindo uma identidade própria.

Além do mais, a integração desses ambientes ajuda na interação entre os moradores, não excluindo-os no momento do preparo das refeições.

A cozinha também pode estar ligada a outros espaços, como a área externa ou lavanderia. Na primeira opção, é comum vermos varandas e jardins, geralmente separados por uma porta de vidro para dar a sensação de continuidade.

Ou seja, é uma forma de proteger o ambiente contra as intempéries da área externa, mas sem comprometer a integração do espaço.

Já a integração com a área de serviço é mais comum em apartamentos. Nestes casos, recomenda-se o uso de um cobogó, um elemento decorativo vazado, que facilita a ventilação e pode ser usado independentemente do estilo de decoração.

Espaços integrados com o quarto

O quarto é o cômodo mais privativo da casa e, por conta disso, ele geralmente é isolado dos demais ambientes. No entanto, ele pode ser integrado com áreas específicas, como closets ou escritórios.

Por exemplo, é possível instalar um guarda roupa de aço que serve como um armário para o home office. No entanto, é interessante levar em consideração o quanto o morador precisa de privacidade.

Outra opção é o banheiro conjugado ao dormitório. Não estamos nos referindo às tradicionais suítes, mas sim aos espaços integrados, sem divisórias.

Apesar de parecer um pouco estranho, é possível manter o isolamento através da decoração com móveis e posicionamento adequado dos objetos.

Para quem deseja adotar a integração entre o banheiro e o quarto, mas prezam pela privacidade, há a opção de juntar parcialmente os espaços, deixando apenas o lavatório exposto.

Para os mais despojados, há a alternativa de integração entre a sala e o quarto. Com isso, tem-se um ambiente muito mais prático e espaçoso, sendo um tipo de decoração muito propício para quem mora sozinho.

Esse tipo de integração dá a sensação de desapego, porém não de desorganização. No entanto, é necessário usar itens decorativos e móveis com dupla função, por exemplo, um painel de TV que separa os espaços.

Inclusive, o painel pode ter a opção giratória da televisão. Assim, o morador pode assistir seus programas favoritos tanto na sala quanto no quarto.

Conclusão

Os ambientes integrados estão cada vez mais em alta na decoração de interiores. Hoje em dia, eles aparecem em vários imóveis novos, incluindo apartamentos, casas e escritórios.

A grande vantagem desse tipo de decoração está na funcionalidade e praticidade que oferece aos usuários. Sem a divisão de ambientes, a comunicação se torna muito mais fluida, o que favorece o bom relacionamento entre as pessoas.

No entanto, é imprescindível ter um projeto detalhado de decoração. Afinal de contas, a falta de orientação no decór pode comprometer toda a integração do ambiente, tornando o local bagunçado e disfuncional.

Por esse motivo, o artigo de hoje trouxe algumas dicas de como investir em ambientes integrados, ressaltando a importância de contratar profissionais especializados. Assim, você poderá usufruir de um espaço amplo, sofisticado e moderno!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


8


8 Respostas para "Saiba como criar ambientes integrados"

  1. Ingrid disse:

    É muito bom criar ambiente integrado. O ambiente fica mais bonito e pratico

  2. camila disse:

    olá puxa vida seu post abriu minha mente, estou em faze de construção e reforma na casa nova e estou pensando em aderir o confeito de ambiente aberto. adorei as dicas . obrigada por compartilhar !!!

  3. Clara Cotia disse:

    Eu queria muito fazer isso na minha sala, mas tenho impressão que vai ficar muito apertado. Não sei, queria colocar a mesa de jantar, sabe? Vamos ver se um dia eu testo, valeu pelas dicas!

  4. Olá, tudo bem? Amei as dicas. Gosto bastante de pesquisar sobre ambientes integrados pois tenho pensado em fazer isso aqui em casa. Suas dicas vieram na hora certo. Excelente postagem!
    Beijos

  5. Acho chique demaaais. Quando eu tiver minha própria casa com toda certeza que ela terá vários ambientes assim ♥

  6. Joana Darc disse:

    Oi
    Eu adoro dicas de decoração 🙂 gosto de Espaços integrados é lindo

  7. Oi vany seu blog é lindo, otimas dicas no artigo curti muito voltarei aqui mais vezes com certeza e acompanhar os proximos posts super beijos

  8. tainara disse:

    adoro esses posts com dicas sobre ambientes
    e dicas sobre decoração
    amei



%d blogueiros gostam disto: