Mulher Virtuosa By Vany » Blog Archive Como criar um ambiente multifuncional no seu lar - Mulher Virtuosa By Vany
dica category image
Como criar um ambiente multifuncional no seu lar
Postado dia 10 de fevereiro de 2021 nas tags: , , - 213 Visualizações do post!

Sala de jantar integrada à área externa, varanda integrada à brinquedoteca e cozinha integrada à sala de estar. Todos esses pontos são características típicas de um bom ambiente multifuncional.

Inclusive, esse tipo de espaço é um bom investimento. Você pode fazer o almoço na cozinha, ao mesmo tempo em que assiste uma reunião que está sendo apresentada em seu desktop instalado na sala integrada à cozinha.

Além disso, também não seria nada ruim assistir à TV da sala de estar enquanto prepara o churrasco na varanda. Essa integração é perfeita para os finais de semana.

Claro que engenharia e arquitetura são essenciais para tornar essa conexão de ambientes real, segura e bonita. Mas para que tudo saia como o desejado, é necessário pensar em todos os detalhes e deixar seus gostos bem claros para os profissionais.

Se você quer saber mais sobre o conceito dos ambientes multifuncionais e conferir algumas sugestões para aplicá-los em sua casa, veio ao lugar certo. Continue a leitura!

O que são ambientes multifuncionais e quais as vantagens

Cômodos multifuncionais são, basicamente, a junção de dois, ou mais, ambientes em um espaço só. São bons para quem quer ganhar ou otimizar espaços, aumentando a produtividade e o ganho de tempo dos moradores.

Além disso, costumam ser tendência em apartamentos menores, que chegam a ter tudo, sala, cozinha e quarto, no mesmo ambiente. Só o banheiro que fica separado.

Ou seja, ambientes multifuncionais trazem praticidade e são inovadores e modernos, assim como a automação residencial, por exemplo. 

Veja outras vantagens trazidas por essa forma de decoração:

  • Maior aproveitamento do espaço; 
  • Sensação de amplitude;
  • Maior alcance de luz natural;
  • Maior convívio social e familiar.

Ou seja, a eliminação de paredes, para tornar a integração dos cômodos possível, faz com que o ambiente pareça mais amplo e permite que todos os espaços sejam preenchidos.

A eliminação das paredes, além disso, também dá mais espaço para a entrada de luz natural no ambiente. E isso deixa o espaço mais aconchegante e também diminui gastos com energia elétrica.

Uma dica é usar mais móveis planejados e grandes janelas e portas de vidro.

Ademais, procure por energia solar preço, porque, caso você more em casa, sua implementação além de diminuir gastos com conta elétrica, vai aumentar a entrada de luz natural. Ou seja, é um investimento dois em um.

Além disso, a ligação de ambientes da casa, ou apartamento, aumenta o convívio com os integrantes desse lar. Por exemplo: os pais estarão fazendo o jantar na cozinha que é integrada com a sala de estar, onde os filhos estão brincando.

Sem contar na praticidade para receber visitas. Você não precisará se preocupar com o fato de cada grupo estar em um cômodo e, por isso, ter que ficar circulando de um para o outro, o tempo todo.

Saiba quais são os ambientes multifuncionais que são tendência

A unificação de ambientes depende muito do gosto da pessoa, porque praticamente todos os cômodos da casa podem ser integrados. A condição é só que não afete a estrutura arquitetônica.

Veja alguns exemplos que estão em alta hoje em dia:

  1. Sala de estar ou de jantar com a cozinha

 Quando se recebe amigos em casa, é costume oferecer coisas de comer e beber, enquanto conversam e interagem. 

Integrando a sala de estar ou de jantar com sua cozinha, você não precisará mais se preocupar com o espaço da sua cozinha, por não caber todo mundo. Enquanto uns fazem a comida, outros esperam e vão petiscando na sala. Mas tudo isso, em um só lugar.

Você não vai nem precisar levar os petiscos e o porta toalha de bancada preenchido para a mesa da sala. Tudo isso pode ficar no balcão entre a parte de cozinha e a parte da sala.

Mas é importante também se atentar à escolha do piso. Um balcão pode ser utilizado para fazer a diferenciação dos ambientes, mas pisos diferentes também podem servir para isso.

Entretanto, caso escolha o mesmo piso para os dois ambientes, opte por um material que vá resistir ao dia a dia de uma cozinha.

  1. Sala de estar com espaço externo gourmet

Essa é outra opção para quem gosta de receber bem amigos e familiares. Essa integração pode ser tanto uma extensão da sala, quanto a criação de um espaço complementar.

Se você optar por continuar o ambiente da sala, as paredes são todas removidas e a decoração pode até ser a mesma. 

Mas caso escolha criar espaços complementares, algumas “barreiras” podem ser colocadas, como uma bancada, ou portas de correr. E os ambientes, apesar de estarem interligados, têm funções diferentes.

A varanda pode ser transformada em uma eventual sala de jantar, por exemplo, você pode decorar com uma mesa saarinen jantar, ou até mesmo uma sala de jogos. Enquanto a sala de estar serve para assistir TV ou relaxar.

Para realizar esse tipo de integração, é importante conhecer as regras de seu condomínio, quanto à derrubada de paredes e ao que pode, ou não, ser mudado na fachada do prédio.

  1. Quarto ou sala de estar com o escritório

Atualmente, o home office é quase que uma lei mundial. Mas como nem toda casa ou apartamento tem um escritório propriamente dito, é necessário criar um cômodo integrado.

Um exemplo para essa integração é o quarto. Você pode criar um canto especialmente para exercer seu trabalho. Pense na harmonização dos móveis e cores para comprar uma escrivaninha, uma cadeira e prateleiras, por exemplo. 

Por outro lado, a sala também é uma opção para incluir um escritório. Mas nesse caso, como outros moradores também utilizam o ambiente, o ideal é usar divisórias para fechar o ambiente de escritório.

Isso vai ser útil não só para a privacidade dos outros integrantes da casa, mas para a sua também, em momentos de reunião, por exemplo.

Além disso, não dispense imaginação para a decoração. Estante de inox, poltronas no lugar de cadeiras e boa iluminação são boas pedidas para esse ambiente.

  1. Lavanderia ou varanda e horta vertical

Essa é uma boa dica para quem quer ter a oportunidade de plantar, pelo menos, um pouco do que consome.

Para isso, a implantação de uma horta vertical na parede é uma ótima opção. Isso pode ser feito tanto na varanda, caso você tenha uma, ou na parede da área da lavanderia.

Assim, você terá ou uma varanda e um jardim ao mesmo tempo, ou uma lavanderia e um jardim ao mesmo tempo. 

Pode ser tanto prático e saudável, quanto prático e bonito. Você não precisa usar essa implantação apenas como horta, mas também para o cultivo de flores de sua preferência. Vai do seu gosto pessoal e até mesmo das suas necessidades.

  1. Home theater e quarto de visita

Aqui, a integração se trata da sua sala de TV, basicamente, com o quarto da visita. Inclusive, armários planejados para quarto e sofás-cama são uma boa opção para a mobília. 

Assim, você vai ter o melhor enquanto assiste seu filme favorito, sendo que sua visita também poderá aproveitar seu mini cinema quando for se hospedar em sua casa.

Dicas especiais para criar seu ambiente multifuncional

Aqui vão algumas orientações que vão tornar a criação de um ambiente multifuncional mais fácil para você. Sendo as principais delas:

Escolha móveis versáteis

Procure uma mobília com mais de uma funcionalidade, como o sofá-cama citado anteriormente.

Como um sofá sem encosto que pode servir também como cadeira na mesa de jantar. Ou, um aparador que sirva como escrivaninha também, por exemplo.

Alguns móveis podem e devem ser usados até mesmo para servirem de “divisão” para os ambientes. Como a bancada da cozinha.

Com isso, você economiza espaço e aumenta ainda mais o tom de multifuncionalidade do cômodo.

Demarque os espaços com a decoração

Utilize os artigos de decoração para separar um espaço do outro. Por exemplo, se você integrou cozinha e sala de estar, use tapete na sala e deixe a cozinha sem.

Outra dica é escolher bem o tipo de luminária. Modelos com focos direcionáveis são bons para evidenciar detalhes do ambiente, sendo assim, são boa opção para as salas e escritórios.

Atenção aos espelhos e às cores

Não utilize cores diferentes para as paredes se você não quer que os ambientes sejam diferenciados, por exemplo. E também nem use papéis de parede de cores e desenhos diferentes, nesse caso.

Se quiser dar sensação de amplitude ao cômodo, os espelhos são essenciais. Não vai precisar de praticamente mais nada.

Considerações finais

Agora que chegou até aqui, você percebeu que um ambiente multifuncional não é impossível de se ter e que também pode até diminuir gastos, além de deixar seu cômodo mais bonito e moderno.

Existem várias formas de se ter um lar mais agradável e mais aconchegante. Além dos espaços multifuncionais, existe também a tradicional divisão de cômodos pela utilização de escada em aço inox, por exemplo, que oferece um ar mais chique ao ambiente.

Todas as formas podem ser adaptadas a sua casa, basta você saber aproveitar seu espaço e escolher bem os móveis e a decoração.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 


5


5 Respostas para "Como criar um ambiente multifuncional no seu lar"

  1. Ingrid disse:

    Essas dicas sao essenciais para ter um ambiente multifuncional e hj em dia as pessoas estao procurando por mais ambientes assim

  2. Sueli disse:

    Eu confesso que adoro espaços integrados mas é difícil escolher o acabamento para gerar harmonia ☺️

  3. tainara disse:

    adorei as dicas!
    realmente dá pra criar lindos ambientes
    inovadores

  4. Ana disse:

    Eu adoro ver este tipo de espaços numa casa e mal possa quero ter algo desse tipo na minha, sala de estar e cozinha é perfeito 😍
    Um beijinho enorme **

  5. Gosto muito desses ambientes multifuncionais, acho válido espaços integrado, as vantagens são ótimas principalmente se o espaço é pequeno, gostei muito das informações bjs.



%d blogueiros gostam disto: